Inovação para Envelhecer Bem

Inovação para Envelhecer Bem

Viver mais de cem anos será cada vez mais comum nas próximas décadas. Um indivíduo alcançar 120 anos será possível e até esperado. O avanço no combate a doenças como o câncer e a diabetes com medicamentos cada vez mais precisos e poderosos desenvolvidos pela indústria farmacêutica é apenas uma das razões para o aumento na expectativa de vida.
Mas como fazer para envelhecer de bem com a vida? Uma série de inovações vem trazendo mais conforto e segurança para os vovôs e vovós que estão com suas vidas cada vez mais ativas.
Dentre elas, estão os serviços de monitoramento de idosos que prometem socorro imediato em caso de uma queda, por exemplo. Como se sabe, as quedas são um dos maiores problemas enfrentados pelos idosos. Muitos acabam deixando de sair de suas casas por medo de um acidente. Novos dispositivos conectados pela tecnologia GPS a uma central de atendimento estão proporcionando mais segurança para que os idosos possam sair tranquilos com muito mais independência.
Um desses aparelhos é o GoSafe da Philips. Pendurado em um cordão no pescoço, o aparelho emite alarmes se o usuário sofrer uma queda ou um desmaio. O aparelho é também um autofalante que permite que o idoso chame por socorro se precisar.

Também foi lançado recentemente na feira mundial de tecnologia CES 2018, em Las Vegas, o air bag para idosos. Trata-se de um cinto que infla ao menor sinal de queda, protegendo o quadril do usuário idoso evitando uma das fraturas mais comuns em idades mais avançadas. O produto já vem sendo comercializado pela empresa Helite. Saiba mais sobre o produto neste artigo

Estas são apenas algumas provas de que a tecnologia anda lado a lado com a qualidade de vida. E que a vida seja longa.
Tecnologia e Sustentabilidade – por Alexandre Amaral de Moura

Tecnologia e Sustentabilidade – por Alexandre Amaral de Moura

O conceito de sustentabilidade tornou-se modismo e palavra fácil nos discursos políticos, na publicidade e no marketing imobiliário. Não era para menos, sustentabilidade em sua essência significa qualidade de vida. Vender qualidade de vida é fácil. Alcançá-la é que é difícil.

A maioria dos empreendimentos, produtos e cidades que se autoproclamam sustentáveis, ainda não percorreram 5% do caminho que precisam percorrer para poderem ser considerados como tal. Mas a despeito das hipérboles do marketing, a difusão pura e simples dos conceitos que promovem a sustentabilidade não deixa de ser um alento.

Hoje existe alguma convergência para o fato de que precisamos encontrar juntos, as soluções urgentes para os problemas da convivência em um mundo superpovoado, de antagonismos crônicos, de devastação indiscriminada dos recursos naturais, de intolerância e desrespeito pela vida humana.

Se a sustentabilidade ainda parece um sonho distante ao menos, hoje, temos um aliado fundamental nesta busca pelo nirvana da qualidade de vida para todos. Esse aliado se chama tecnologia. Como humanidade, temos duas maneiras de alcançar a sustentabilidade: regredir a idade da pedra e voltarmos a viver em paz com a natureza ou encontrar soluções tecnológicas avançadas que permitam mudar a nossa maneira de nos relacionarmos entre nós e com o planeta.

A tecnologia mudou a maneira como escutamos música, como reservamos hotéis, como chamamos um táxi. E vai continuar mudando, tudo. Em São Paulo, e em várias outras cidades do mundo, já é possível encontrar um carro compartilhado na garagem de um shopping, destravá-lo com seu celular, rodar por aí e deixá-lo em outro local para que outros possam utilizá-lo. Mas como assim? Não precisaremos mais ostentar o carro do ano que acabamos de comprar? Não precisaremos mais. Essa cultura vai mudar. Em breve, os carros compartilhados serão elétricos e autônomos. E vão resolver os engarrafamentos e a poluição nas cidades. Imagine o que significa um trânsito sem mortes por acidentes. Isso é ou não é qualidade de vida?

A tecnologia já invadiu a sua casa, mas ainda vai mexer muito com a forma como você se relaciona com ela. Um cérebro eletrônico permite que você acompanhe o consumo de energia em cada cômodo, em cada tomada, reduzindo o consumo de maneira inteligente. Outros gadgets, como o Alexa, podem controlar todos seus aparelhos com o comando da sua voz. Sistemas de câmeras inteligentes, como a Nest, vigiam sua casa para você, reconhecem visitantes, controlam seus pets e crianças disparando alarmes se algo fora do padrão acontece.

As arcaicas relações trabalhistas vão acabar cedendo diante da tecnologia que nos permite trabalhar com pessoas que nunca vimos pessoalmente. A internet, a robótica e a realidade virtual vão transportar talentos pelo mundo inteiro sem nenhum profissional sair do lugar. Para que enfrentar o trânsito da Av. Presidente Vargas se você pode se conectar de sua casa numa tela compartilhada que promove uma reunião muito mais dinâmica do que a que você faria num escritório embolorado? E se a sua sala de reunião for turbinada com uma ferramenta como o Multi Vis da Comtex, você nunca mais vai querer fazer reunião de trabalho de outra maneira.

A tecnologia vai invadir o seu corpo com chips que controlam sua pressão, seu índice de insulina e são capazes de identificar o mínimo risco de um ataque do coração ou de um aneurisma.

Ainda vai demorar muito tempo para o mundo ser um lugar justo e sustentável, mas que a tecnologia é o caminho para isso, não resta a menor dúvida.

Multi Vis uma poderosa ferramenta de visualização – por Alexandre Amaral de Moura

Multi Vis uma poderosa ferramenta de visualização – por Alexandre Amaral de Moura

Centros de Comando e Controle lidam com milhares de eventos e ocorrências diários que se transformam num volume de dados gigantesco. A resposta rápida para esses eventos requer esforços combinados de muitos indivíduos, de distintos campos de atuação, trabalhando em equipe. Ambientes equipados com grandes painéis de visualização, seja uma Sala de Controle ou uma sala de Reunião, representam uma maneira eficiente para permitir que as equipes somem seus esforços sem perder o foco em cada tarefa individual.
Porém, esses grandes painéis de alta resolução apresentam desafios técnicos e operacionais únicos: requerem a utilização de software e equipamentos especializados que permitam a extração de dados e informações relevantes para a operação. Dada a complexidade e criticidade de tais tarefas, é de extrema importância a utilização de tecnologia que ofereça uma infraestrutura colaborativa flexível o suficiente para dar suporte aos operadores na resolução de problemas de diversas naturezas. No meu modo de ver, a ferramenta mais adequada para esta missão é a plataforma Multi Vis desenvolvida pela Comtex.

O Multi Vis é um sistema de gerenciamento de painéis video wall e colaboração, capaz de integrar diversos usuários locais ou remotos e compartilhar imagens, vídeos, sistemas e estações de trabalho. É composto por um servidor que pode ser instalado em uma máquina física integrada ao video wall (gerenciador de imagens – sistema centralizado) ou em uma máquina física apartada e conectada via rede Gigabit a computadores embarcados instalados em um ou mais monitores do video wall (sistema distribuído).

O Software de Gerenciamento de Sistemas Visuais e Colaboração, Multi Vis, provê aos gestores e operadores de Centros de Comando e Controle:

• Ferramentas de software robustas e ágeis para a manipulação dos dados nos painéis de visualização e distribuição de conteúdo para usuários;

• Funcionalidades que permitem a colaboração entre múltiplos operadores e times distribuídos fisicamente em locais distintos e que trabalhem em diferentes aspectos de um dado evento.

• Plataforma segura e multi-usuário, baseada nos mais rígidos procedimentos de segurança e com altos níveis de criptografia,seja em rede local, seja em ambientes remotos.

• Integração com videoconferência e espelhamento de tela local e remota.

• Integração com dispositivos móveis iOS e Android.

• Menus de contexto com atalhos rápidos para a operação e melhor integração com telas touch.

 

A solução, desenvolvida pela Comtex, é capaz de prover a múltiplos usuários uma infraestrutura de operação homogênea que permite o acesso, a apresentação e o compartilhamento de informações e dados relativos à operação do Centro de Comando e Controle de maneira efetiva.

Multi Vis, plataforma de visualização e colaboração desenvolvida pela Comtex

Descrevo abaixo as principais funcionalidades do Multi Vis:

• Criação de área de trabalho única em cada painel de visualização, onde diversas aplicações e documentos podem ser executados livremente, posicionados e redimensionados.

• Capacidade de visualização simultânea de múltiplas janelas de aplicativos ou imagens de vídeo em tempo real. O número de janelas simultâneas não é limitado em função de disponibilidade de licenças.

• Capacidade de configuração de diversos layouts de exibição, com definição de posicionamento e dimensão das fontes de imagens através de software cliente compatível com interface web e dispositivos móveis IOS, Android e Microsoft Windows.

• O acionamento dos layouts pré-configurados é realizado através de software cliente compatível com interface web e  dispositivos móveis IOS, Android e
Microsoft Windows.

• O acionamento dos layouts pré-configurados é realizado através de software cliente compatível com interface web e dispositivos móveis IOS, Android e Microsoft Windows.

• Arquitetura cliente-servidor, permitindo controle remoto por um ou mais operadores através da rede local ou através de uma rede remota. (LAN ou WAN).

• Conexão simultânea de um operador com um ou mais video walls através da mesma interface cliente.

• Arquitetura de hardware distribuída (embarcada) ou centralizada (servidor de imagens).

• Recursos de autenticação por usuário e senha.

• Interface de usuário multiplataforma para desktops (Windows, Linux ou Mac) ou dispositivos móveis de qualquer sistema (Android, iOS ou Windows Phone).

• Ferramenta desenvolvida em plataforma web, permitindo que usuários externos interajam com o painel sem a necessidade de instalação de software e configurações adicionais, necessitando apenas da autenticação ao servidor.

• Possibilidade de execução de aplicativos locais em conjunto no Gerenciador de imagens sem interferência no seu funcionamento.

• Sistema avançado de gerenciamento de perfis de usuários que permite a configuração de permissões de acesso e privilégios a usuários e grupos de usuários. Integração com base de usuários do S4C.

• Gerenciamento de usuários, grupos e permissões, permitindo a restrição de áreas de trabalho no video wall para cada usuário, acesso a layouts, scripts, agendamentos, fontes de captura e aplicações (criação, edição e execução).

• Compatível com LDAP e Active Directory, permitindo que os níveis de acesso sejam diretamente associados aos grupos a que os usuários pertencem, definindo funcionalidades e região específica do video wall.

• Utilização de protocolo de transferência de hipertexto sobre uma camada adicional de segurança com os protocolos SSL/TLS, permitindo criptografia e utilização de certificados.

• Plataforma 100% web com utilização de extensões em web browser, não necessitando de instalação de programas nas máquinas dos operadores.

• Interface gráfica de uso simples, contando com atalhos rápidos e recursos drag & drop, permitindo uma experiência ágil e efetiva ao operador do centro de controle. É possível através da mesma adicionar, remover ou arrastar objetos e outros conteúdos para a área lógica do video wall.

• Função Smart Pointer, que permite que cada operador tenha seu próprio mouse e teclado ativos na área de trabalho do video wall, de maneira que cada um possa controlar as aplicações diretamente no painel de maneira simultânea e independente, sem limite de usuários.

• Customização de nome e de cor do ponteiro de cada operador que manusear o video wall, permitindo a fácil identificação de quem está operando.

• Controle total de mouse, permitindo que os usuários possam utilizar todos os botões do mesmo, incluindo a roda (scroll), e respondendo a todos os gestos e comandos de equipamentos equipados com tais funções (pinch, touch pads etc.).

• Menu de atalhos diretamente no video wall, permitindo rápido acesso a aplicativos em execução no mesmo e facilitando a operação em painéis touch screen.

• Os usuários poderão utilizar computadores, celulares ou tablets para operarem os seus respectivos cursores, seja a partir da rede local, seja a partir de locais remotos.

• Colaboração total e irrestrita entre ilimitados painéis video wall e dispositivos móveis, permitindo que imagens, capturas e vídeos sejam transmitidos de um painel a outro com uma simples ação de drag & drop.

• Função Mirror, permitindo o espelhamento da ação em um painel video wall para ilimitados painéis remotos, de maneira que uma apresentação possa ser realizada entre unidades distantes. Unidades remotas também poderão atuar com o mouse no video wall apresentado.

• Todas as imagens e vídeos compartilhados no video wall podem ser controlados (comandos de Pause, Play, FF etc.) a partir do mouse dos operadores diretamente no video wall.

• Cada operador pode controlar qualquer computador previamente autorizado na rede local ou remota através de seu próprio ambiente de trabalho, utilizando seu próprio mouse e teclado.

• A ferramenta permite o controle do mouse e teclado do gerenciador de imagens remotamente por um ou mais usuários simultâneos.

• Função Zoom em qualquer janela de captura física ou de rede. (Através do mouse – scroll).

• Função de salvar layouts predefinidos de video wall que incluam janelas de capturas físicas, janelas de capturas por rede ou qualquer outra aplicação local em execução no gerenciador de imagens.

• Cada operador poderá enviar fontes de capturas ao painel video wall através de uma operação de “arrastar e soltar” (drag & drop).

• Função para envio de arquivos de imagem e vídeo diretamente ao painel video wall através de uma operação de “arrastar e soltar” (drag & drop). De maneira a não prejudicar o processamento da máquina do operador, as imagens são renderizadas no video wall.

• Função de pré-visualização do conteúdo presente no painel video wall, inclusive em dispositivos móveis.

• Visualizador de arquivos de multimídia integrado que permite a visualização de arquivos de imagem, de vídeo, documentos e páginas web em janelas independentes no painel video wall. Não há necessidade de se utilizar a máquina do operador para executar o documento ou aplicação.

• Habilidade de compartilhar fontes entre múltiplos painéis de video wall através de uma única ação drag & drop.

• Função de captura de tela integrada e ilimitada, permitindo que cada operador faça a captura total ou parcial de fontes de imagens (Páginas web, captura via rede e capturas locais) ou envie o conteúdo completo de seu desktop, ou uma aplicação ativa em execução no mesmo, através de captura por TCP/IP (screen scraping), a uma janela independente no video wall.

• A ferramenta permite a captura ilimitada da tela de computadores conectados na mesma rede.

• Função ilimitada de captura de estações de trabalho, permitindo que o operador controle uma ou mais estações remotas diretamente a partir da área de trabalho do video wall.

• Função ilimitada de serviço de terminal remoto por RDP, permitindo que o operador controle um ou mais terminais remotos diretamente a partir da área de trabalho do video wall.

• Possibilidade de executar páginas web, documentos PDF, mapas e imagens de altíssima resolução (>100Mpixels) com renderização completa e local no video wall, isto é, sem esticar (sem realizar ‘strecht’) uma imagem de baixa resolução a partir da máquina do operador.

• Capacidade de visualização de sinais provenientes de câmeras IP ou qualquer outra fonte de streaming de vídeo, utilizando protocolos de transmissão e compactação de mercado. (RTSP, HLS entre outros). Os sinais podem ser abertos em janelas individuais ou mosaicos, as quais podem ser livremente redimensionadas e posicionadas na área de trabalho do video wall através do software de gerenciamento.

• Integração nativa com sistema VMS Digifort e outros de mercado.

• Renderização 3D com aceleração de GPU nativa.

• Diversos aplicativos nativos de interesse de centros de comando e controle, como relógio, previsão do tempo, mapas e logo. Possibilidade de integração de novos aplicativos conforme a necessidade através de API ou integração com webservices.

• Servidor de áudio integrado permitindo a conexão a um receiver/amplificador, de maneira que o áudio de qualquer aplicação possa ser compartilhado com os usuários da sala de controle.

• Integração nativa com software de gestão de Centros de Comando e Controle S4C, possibilitando a criação de uma área de trabalho personalizada, contendo mapas, câmeras e alarmes provenientes daquele sistema.

• Integração nativa com Google Maps, realizando a renderização localmente, isto é, sem fazer stretch de capturas.